« Home | Precisamos de um governo corrupto » | Argentina Na Copa » | Copa da Globalização » | Estaríamos preparados para votar? » | Frases feitas, frases de efeito. » | Soneto do Reencontro » | Nós queremos você! » | Inaugurada a parede de banheiro »

Crítica à Esquerda Brasileira

Caro leitor,

Creio que todos aqui envolvidos (e, pelo menos, boa parte dos leitores, se é que há algum) sabem bem de minhas tendências políticas. Pois bem, todos sabem de meu caráter (vagamente) revolucionário. Sabem que eu entendo que uma sociedade completamente diferente é não só necessária, como inevitável, a nível mundial.

Porém, olhando pro nosso Brasil de hoje, a tão-sonhada revolução parece algo completamente distante. Claro, não poderia ser diferente, a própria população brasileira (aliás, mundial) não se encontra ainda pronta para compreender a importância de tal movimento. Encontra-se dominada pela cultura burguesa, idolatra falsos deuses, ainda não se deu conta da exploração, da dominação, da consciência de classe (pra falar em Marx).

Ainda assim, olhemos para a esquerda do nosso país, supostamente responsável pela revolução. Olhe o que são PT e PTB! Se esses partidos tivessem que ser renomeados hoje, alguém em sã consciência faria referência ao trabalhador no nome desses partidos? Bom, acho que não preciso falar muito disso. Isso é óbvio para qualquer um que está consciente do que se passa aqui nos últimos anos, mas achei que devia constar.

Mas o que mais me desespera é constatar que um de meus professores estava certo ao afirmar que “comunista só se une dentro da cadeia”. Veja os setores da esquerda “de verdade”, isto é, aqueles que (ainda) são realmente de esquerda. Ora, a lógica diz que, se eles defendem um objetivo comum (revolução), deveriam se unir (pelo menos a um primeiro momento) para garantir esse objetivo, certo? Pois bem, diga isso a algum membro do PSTU, P-SOL, PC do B, ou qualquer coisa do gênero. “Não, mas aqueles são muito radicais”, “Aqueles lá seguem outra corrente, são uns bestas!”, “Eles não sabem o que fazem!” são prováveis respostas.

Mas ora! Ouso até dizer que falta muito Maquiavel aos partidos de esquerda. O Príncipe já nos diz como conquistar o poder, e diz que alianças são indispensáveis para tal. Não duvido que, quando a revolução vier, esses malucos egoístas resolvam lutar uns contra os outros e todos contra a burguesia.

Nossa esquerda precisa de mais união. Não sob um único partido, nem sob uma única corrente ideológica, mas como uma frente de oposição comum, capaz de conscientizar alguém do que deve ser feito! Como o antiqüíssimo ditado diz: “a união faz a força”... só os comunistas que não sabem.

Je suis vraiment déçu avec vous, mon ami, vraiment...

haeuhae.. bienvenue vers la droite..

Wie habe ich dich jetzt gesagt: wenn screibst du etwas ich kann gut verstehen, denn kann ich dich antworten... bis denn, ich kann nur warten...
Bitte, für die beste Verständigung hier, schreib nur verständlichen Sprachen.
Danke sehr.

Entäusche ich dich?? Warum?? Bitte, lass mir das wissen... willeicht ich stimme dich über... aber du mußt sagen...

Agreed (tá, não sei alemão, então vou responder em inglês mesmo...).

Je ne peux pas parler allemand.
Parler en français svp.

Porra... q tal botar ordem no barraco? já deu...

A quem nao entendeu nada, o que se passou foi o seguinte:

Cadu disse estar decepcionado comigo

Eu disse que gostaria muito de saber por quê

Pronto, em bom português agora pra ver se rende...

fala serio pow... q festivald e linguas !!
heehehe belo texto hein ...
pergunta basica tds vcs sao de eskerda ??

abraçao !

soh um de nós é de esquerda. cabe ao leitor descobrir qual. ONDE ESTÁ WALLY??

Postar um comentário

Links to this post

Criar um link

Powered by Blogger
& Blogger Templates




eXTReMe Tracker